Movidos a tração animal, primeiros carros alegóricos desfilavam no Rio em 1854

Autor: Márcia Dias Data da postagem: 10:00 01/03/2017 Visualizacões: 450
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Carro Alegórico do clube Tenentes do Diabo: ' Dragão Alado', carnaval de 1915, em Minas Gerais / Foto: Reprodução - Brasil de Fato

A intenção era usar os carros alegóricos para "civilizar" a festa; o uso destes veículos inaugurou os desfiles

No dia 28 de fevereiro de 1854, o carnaval de rua do Rio de Janeiro ganhava uma novidade. Era o desfile dos primeiros carros alegóricos movidos a tração animal. Puxados por burros, enfeitados, lotados de foliões, eles estrearam como vitória da elite carioca, que queria fazer uma festa elegante para substituir o entrudo, que chegou ao Brasil no século 17, introduzido pelos portugueses.

O entrudo era muito criticado, pois a brincadeira popular era jogar água suja e urina nas pessoas, entre outras coisas. A intenção era usar os carros alegóricos para civilizar a festa. De acordo com pesquisadores, o uso dos destes veículos também inaugurou os desfiles de carnaval. A ideia de usar carros ornamentados em cortejos, junto com as máscaras e fantasias, foi inspirada nos carnavais da época, em Paris, na França e em Veneza, na Itália.

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: