20 Jornalistas Negros influentes em diversas áreas do Jornalismo

Autor: Redação - Marfim Rosa Data da postagem: 14:00 11/12/2016 Visualizacões: 18252
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Imagem: Marfim Rosa

O trabalho destes profissionais de mídia, seja ela jornais impressos, rádio, televisão ou internet impacta na nossa vida, porque sempre acreditamos que as informações ofertadas são de fontes de informações confiáveis e imparciais.

Ainda hoje, é muito pequena a representatividade de mulheres negras (e homens também) que atuam como profissionais de imprensa, principalmente na Televisão Brasileira. A composição étnica no jornalismo, não expressa a realidade. é uma desproporção escandalosa.

Listei abaixo alguns profissionais que admiro pelo excelente trabalho profissional.

Glória Maria

Glória Maria, a primeira repórter negra da TV brasileira, é uma das apresentadoras mais conhecidas do Brasil.

Aline Prado

Antes de chegar ao “Vìdeo Show”, Aline trabalhou na Globo como repórter do “Encontro com Fátima Bernades”. No currículo, ela também tem passagem pelo jornalismo da Globo News e da TV Brasil.

Djamila Ribeiro

É mestranda em Filosofia Política na Unifesp e feminista negra. Escreve para o Escritório Feminista da Carta Capital.

Valéria Almeida

Da equipe do “Profissão Repórter”, Valéria já rodou o país e está há 5 anos no programa.

Aline Ramos

Idealizadora do “Que nega é essa?”, estudante do quarto ano de Jornalismo na Unesp de Bauru e feminista negra. Escreve também para o Grão de Fato e acredita que seu cabelo tem a potência de um cavalo.

Izilda Félix

Locutora e Apresentadora na empresa Radio Kairos Angola e Jornalista na empresa Originalle Magazine

Fernanda Carvalho

É apresentadora do Nação, da TVE, e também é ativista social desde a gradução e trabalha com temas ligados a história e a cultura afrobrasileira.

Adriana Couto

É apresentadora do Metrópolis, exibido na TV Cultura de São Paulo

Luiza Brasil

Formada em Jornalismo pela PUC-RIO com rápida escala em Moda na London College of Fashion, é a fiel escudeira da papisa da moda Costanza Pascolato

Maria Julia Coutinho (Maju)

Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero. Começou a carreira como estagiária da Fundação Padre Anchieta. Passou por vários cargos do Departamento de Jornalismo da TV Cultura (SP) até tornar-se repórter, função que exerceu por quase três anos. Ela também é a primeira garota do tempo negra da TV.

Bianca Santana

Jornalista, escritora e professora da Faculdade Cásper Libero.  Mestra em educação pela Universidade de São Paulo.  Militante feminista e de movimentos de educação. Autora do Livro Quando me Descobri Negra.

 Zileide Silva

Começou a carreira em 1978, como redatora de rádio em São Paulo. De lá para cá, teve participação fundamental em coberturas importantes como eleições presidenciais e atentados do 11 de setembro, em 2001. Desde 1997 na Globo, faz, atualmente, reportagens sobre economia e política para os noticiários da emissora.

Dulcinéia Novaes

Uma das mais conhecidas e prestigiadas jornalistas do Paraná, Dulcineia formou-se em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina e começou a carreira na Folha de Londrina, em 1978.  Sua representatividade na TV paranaense como mulher negra lhe rendeu prêmios como o Troféu Raça Negra de Jornalismo, em 2011.

Jarid Arraes

Jarid Arraes é cordelista, escritora e autora do livro “As Lendas de Dandara“. Criadora da Terapia Escrita, mediadora do Clube da Escrita Para Mulheres e do Clube Leitura Independente.

305911_10200495289120079_1267976273_n

Joyce Ribeiro

Jornalista está no SBT desde 2005. Na emissora, apresentou e editou diariamente o SBT Manhã, fez a Previsão do Tempo e reportagens especiais. Passou pelo SBT Brasil, quando foi substituta da apresentadora Ana Paula Padrão, pelo Jornal do SBT, SBT São Paulo e o Aqui Agora.

12642856_1205835086112687_9054483072103638031_n

Luciana Barreto

Âncora do Repórter Brasil Tarde, já trabalhou nos canais Futura, GNT, BandNews e na TV Bandeirantes. A habilidade em realizar reportagens especiais lhe rendeu o Prêmio Nacional de Jornalismo Abdias Nascimento, em 2012, pelo programa “Caminhos da Reportagem – Negros no Brasil: brilho e invisibilidade”.

Silvia Nascimento

Silvia Nascimento

A jornalista é diretora de conteúdo do site Mundo Negro. Ela foi considerada umas das negras mais influentes da Internet em 2013 pelo coletivo Blogueiras Negras. Em 2015 ganhou o prêmio EmpregueAfro de Valorização da Diversidade Étnico-Racial

oprah1

Oprah Gail Winfrey

É  apresentadora de televisão e empresária norte-americana, vencedora de múltiplos prêmios Emmy por seu programa The Oprah Winfrey Show, o talk-show com maior audiência da história da televisão norte-americana.

abelneto

Abel Neto

O Jornalista esportivo é vencedor dos prêmios Revelação do Jornalismo Esportivo, pela Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo (Aceesp), em 1999, e Marketing e Empreendedores, promovido pela revista Top of Business (SP), em 2008.Heraldo Pereira

Heraldo Pereira

Em 1988,Heraldo Pereira participou da cobertura das primeiras eleições diretas para a Presidência do país. Ali, começou a se especializar em matérias políticas. Em 2002, Heraldo foi marcado como o primeiro negro na bancada do “Jornal nacional”. Ele faz parte do rodízio de apresentadores até hoje.

Com certeza, existem outros profissionais que se destacam e que não citei neste post. Se você aprecia o trabalho de algum que não citei, mencione abaixo nos comentários para que nossa lista aumente.

 

 

Leia também: 

Violência contra jovens negros é tema de prêmio de jornalismo

Oficina de jornalismo incentiva promoção de direitos humanos entre jovens

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: