Mostra gratuita em SP apresenta visões poéticas de ícones da cultura afro-brasileira

Autor: Redação Metrô Jornal Data da postagem: 15:00 09/10/2018 Visualizacões: 66
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Pinturas de Clementina de Jesus e Cartola estão entre os itens expostos / Foto: Josafá Neves - Reprodução - Metrô Jornal

Neste domingo de eleição, 7 de outubro, a Caixa Cultural São Paulo abre a exposição gratuita "Diáspora", do artista brasiliense Josafá Neves, que reúne gravuras e esculturas de ícones da cultura afro-brasileira, do patrimônio imaterial e de símbolos da religiosidade de matriz africana.

Por meio do olhar poético de Neves, o visitante terá a oportunidade de conhecer sobre a influência dos povos negros que ajudaram a dar forma à cultura brasileira.

O artista apresenta séries de pinturas em óleo sobre tela e pastel de personalidades fundantes da cultura nacional, como Pixinguinha, Milton Santos, Clementina de Jesus, Cartola, Elza Soares, Luiz Gonzaga, Gilberto Gil, Nelson Sargento, Itamar Assumpção, dentre alguns outros. São retratos que fazem alusão à ancestralidade e aos mistérios desde os tempos da escravidão até os dias de hoje.

Esculpidos em madeira estão orixás como Oxóssi, o senhor das florestas, que acolhe o visitante em seu passeio pela mostra; e Xangô, o rei absoluto, senhor da justiça, o orixá do raio e do trovão. Oxalá, com sua sabedoria ancestral, aparece retratado numa pintura em óleo sobre tela.

Apesar de sua aprendizagem autodidata, Josafá Neves percorre diversas técnicas, da escultura à gravura, colagem e pintura em óleo sobre tela, óleo sobre tela e pastel e acrílico sobre madeira. E ao invés de utilizar o habitual suporte branco, ele inicia seus trabalhos a partir de um fundo escuro. “Escureço para clarear. É assim que me afirmo como negro na arte” destaca o artista.

Serviço:

Na Caixa Cultural São Paulo (pça. da Sé, 111, Sé).

Abre neste domingo (7), das 9h às 19h.

Aberto de terça-feira a domingo.

Grátis.

Até 16/12.

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: