Afro Fashion Day terá exposição e palestras exclusivas

Autor: Midiã Noelle Data da postagem: 14:30 14/11/2017 Visualizacões: 120
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Exposição Asas Urbanas teve três editoriais com produção assinada por Paula Magalhães e Léo Amaral / Foto: Og Marcelo - Correio Nagô

Evento avança ao promover no dia 18, das 9h às 20h, no Porto Salvador Eventos, no Comércio, bate-papos sobre diversos temas e mostra fotográfica com o conceito de urbanidade

Para além de uma ação de moda, o Afro Fashion Day (AFD), projeto do CORREIO para celebrar o mês da Consciência Negra, se propõe a gerar reflexões acerca do cotidiano da população negra brasileira. Em sua terceira edição, o evento avança ao promover no dia 18, das 9h às 20h, no Porto Salvador Eventos, no Comércio, bate-papos sobre diversos temas e uma exposição exclusiva com o conceito de urbanidade, além do desfile de moda.

Logo na chegada do AFD, no térreo, o público encontrará a exposição Asas Urbanas, que teve três editoriais com produção assinada por Paula Magalhães, editora do caderno BAZAR, do CORREIO, e Leo Amaral, produtor de moda do suplemento. Na escolha dos cenários, nada que fosse óbvio. “Queríamos fugir dos pontos turísticos, dos lugares que já são superconhecidos”, conta Amaral. A beleza é assinada pelo maquiador Kal Nascimento, que há três anos venceu o concurso Desafio de Beleza, do canal GNT. O casting de modelos - foram 3 para cada ensaio - foi todo da agência One Models, que participa do Afro Fashion Day.

O primeiro editorial foi feito pelo fotógrafo Og Marcelo e teve como tema o apocalipse. Do alto de um prédio no Rio Vermelho, com muitas antenas e cores sóbrias, os modelos Gabriel Pitta, Carlos Cruz e Edilene Zurc trajavam apenas roupas de tons escuros das marcas Aládio Marques, Black Atitude, Euzaria e Lú Samarato. “Usamos verde musgo, marrom. Os florais tinham fundo preto”, explica Leo. Na maquiagem, riscos brancos expressam espírito guerreiro e força.

Fotografado no Comércio, os cliques do segundo editorial ficaram por conta de Renato Santana. O cenário carregava tons cinzentos, quase nublados. Para contrastar, muita cor nas roupas da estilista Adriana Meira usada pelos modelos Átina Ulle, Vagner Souza e Sued Ellen. O destaque da maquiagem fica por conta dos lábios: bocas supercoloridas, em tons fortes.

A última parada foi no Teatro Castro Alves (TCA), localizado no Campo Grande. Focado na arquitetura modernista, o ensaio teve o minimalismo como foco. “Todas as roupas eram brancas e azuis. Queríamos trazer leveza para combinar com a estética do teatro”, observa o produtor. Fotografados por Lucas Assis, os modelos Noriah Santos, Rafael Costa e Layza Silva usaram maquiagem básica e discreta e vestiram João Damapeju, Jorge Nascimento, Kelba Deluxe, Outerelas, Soudam e Tempt.

Roda de conhecimento

Haverá um espaço chamado Papo AFD, onde vão ocorrer seis bate-papos sobre moda, arte, sustentabilidade e beleza, com foco na população negra. As conversas acontecerão no 2º piso do edifício e trarão nomes como os estilistas Renato Carneiro, da Katuka Africanidades, e Goya Lopes, a integrante do Fashion Revolution Ana Fernanda, e a especialista em bioquímica estética, doutora Josiane Marques de Sena Popoff, convidada pela Bellacor Estética, clínica voltada para o cuidado da pele negra. Já a Escola Baiana de Arte e Moda (EBAM) trará a estilista Madá Negrif, a maquiadora Maili Santos e o artista visual Yosh José.

A beleza será um dos assuntos debatidos no evento. Às 12h30, a maquiadora profissional e designer de sobrancelhas Maili Santos vai compartilhar makes para pele negra e sua percepção sobre o mercado. “As empresas começaram a se mobilizar mais e a enxergar a população negra”, avalia. Para ela, estar no Afro Fashion Day é a realização de um sonho. “Também quero um dia estar nos bastidores, maquiando os modelos”, conta ela. Os cuidados com beleza são tema do bate-papo com a especialista em dentística e bioquímica estética, a doutora Josiane Marques de Sena Popoff, membro da Sociedade Americana de Peles Negras.

Paulo Rogério, co-fundador da aceleradora de negócios Vale Dendê, estará às 13h20 ao lado dos estilistas Goya Lopes, de marca homônima, e Renato Carneiro, da Katuka, falando sobre moda, afroempreendedorismo e economia criativa. “Salvador tem se tornado um grande polo de moda negra e étnica no Brasil. É só se observar o número de lojas, marcas e estilistas que estão produzindo perceber a capacidade da cidade”, diz ele.

O publicitário, que recentemente foi convidado para palestrar para a Fundação Obama, em Chicago (EUA), acredita que o cenário local pode ser ampliado se houver uma perspectiva internacional e investimento nos jovens. “Através do engajamento da juventude é possível mudar territórios. E empreendedorismo criação e inovação estão no radar do desenvolvimento”, conta o baiano, que vai lançar pela sua empresa, dia 23, no Palácio Rio Branco, na praça municipal, um edital de apoio a negócios e projetos com foco em afroempreendedorismo.

Ana Fernanda Souza, articuladora do Coletivo Justa Moda e integrante do Fashion Revolution, movimento presente em mais de 50 países, estará à frente do diálogo sobre sustentabilidade na moda. “Debateremos sobre justiça, sustentabilidade e transparência no setor. Sobre como esta área pode ter melhor gestão dos resíduos, com seleção de matérias primas. E até mesmo em como fazer uma comunicação que não reforce estereótipos, mas sim a diversidade”, conta a jornalista. Ela promete ainda falar sobre a valorização dos pequenos empreendedores locais e dos impactos da moda na natureza. “Essa discussão se conecta diretamente também ao tema do AFD neste ano: os quatro elementos.  E o Fashion Revolution se propõe a isso, a trabalhar a moda de força positiva, de como pode ser bacana para o mundo”.

Duas horas antes do desfile deste ano, a passarela do evento será palco outro importante momento. Às 16h, a Avon, patrocinadora do AFD, apresentará o debate "Empoderamento e Empreendedorismo Feminino”. Estarão presentes no bate-papo Ana Fontes, fundadora da Rede Mulher Empreendedora, a professora Ivete Sacramento, Secretária Municipal da Reparação Racial, e Maria Coelho, Gerente Divisional de Vendas da Avon.

O desfile do Afro Fashion Day 2017 traz produções de 42 marcas baianas de acessórios, turbantes e roupas e calçados da Vizzano, Mersan e Melissa. A produção de moda será assinada por Fagner Bispo e a beleza por Dino Neto e equipe. Serão 100 pessoas na passarela, entre convidados, modelos de nove agências de Salvador e oito não-agenciados, escolhidos em seletivas em cinco bairros. A mestre de cerimônias será a jornalista e youtuber Maíra Azevedo, a Tia Má. A entrada é apenas 1 kg de alimento não-perecível e está sujeita à lotação do espaço. Os alimentos serão destinados ao Mesa Brasil Sesc. O Afro Fashion Day é realizado pelo CORREIO, com apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador e patrocínio da Avon.
 
*Programação Afro Fashion Day 2017*
18 de novembro, no Porto Salvador Eventos (Comércio)
(Ingresso: um quilo de alimento não-perecível, no local, a partir das 9h)
 
*ASAS URBANAS (térreo)*
9h às 20h - Exposição fotográfica que traz, em primeira mão, peças que serão desfiladas no Afro Fashion Day em looks concebidos pela jornalista Paula Magalhães, editora do Bazar, e pelo produtor de moda do caderno do Correio, Leo Amaral. A imagens são de Og Marcelo, Renato Santana e Lucas Assis. A beleza é de Kal Nascimento e os modelos, da One Models, são Gabriel Pitta, Carlos Cruz, Edilene Zurc, Átina Ule, Vagner Souza, Sued Ellen, Noriah Santos, Rafael Costa e Layza Silva. Agradecimentos ao Teatro Castro Alves, uma das locações escolhidas.
 
*PAPO AFD (piso 2)*
10h50 – Fashionismo com Tradição e Identidade, com a estilista Madá Negrif (oferecimento Ebam – Escola Baiana de Arte e Moda)
11h40 –  Sustentabilidade na moda e o Fashion Revolution, com jornalista Ana Fernanda Souza, articuladora do Coletivo Justa Moda
12h30 – A Indústria da Maquiagem Entende Mesmo desse Riscado?, com a maquiadora Maili Santos (oferecimento Ebam – Escola Baiana de Arte e Moda)
13h20 – Moda, Afroempreendedorismo e Economia Criativa, com designer Goya Lopes (Goya Lopes Design Brasileiro), Paulo Rogério Nunes (da aceleradora de negócios Vale Dendê) e o estilista Renato Carneiro (Katuka Africanidades)
14h10 – Particularidades da pele negra, com a especialista em dentística e bioquímica estética, Josiane Marques de Sena Popoff,  membro da Sociedade Americana de Peles Negras (oferecimento BellaCor Estética)
15h – A Interseção da Arte e Moda na Contemporaneidade, com o artista visual Yosh José (oferecimento Ebam – Escola Baiana de Arte e Moda)
 
*AVON APRESENTA (piso 2)*
16h - Empoderamento e Empreendedorismo Feminino, com Ana Fontes, empreendedora e fundadora da Rede Mulher Empreendedora, a professora Ivete Sacramento, Secretária Municipal da Reparação Racial, e Maria Coelho, Gerente Divisional de Vendas da Avon
 
*SOM AFD (piso 1)*
13h – DJ Jack Nascimento (Batekoo) 
14h40 – Banda Rua 06
17h – DJ Raiz
 
*AFD STORE (piso 1)*
9h às 20h
Loja colaborativa com as marcas Black Atitude, Boutique Negralá, Croula, Cynd Biquínis, Goya Lopes, inCID, Guapa, N Black + Negafulô, Outerelas, Preta Brasil, Sobrille, Sou Diva – Tá Bom Pra Você?, Rey Vilas Boas, Turbanque e Bahia Revoluções Criativas, do IACM
 
*DESFILE AFD (piso 2)*
18h

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: