11ª Bienal da UNE - Festival dos Estudantes

Curta a agenda:
Curta o CEERT:
11ª Bienal da UNE - Festival dos Estudantes / Imagem: Reprodução - Facebook - ANPG

Ínicio: 09:00, Quarta, 06 de Fevereiro de 2019
Término: 18:00, Sábado, 09 de Fevereiro de 2019
Local: UFBA- Campus Ondina- Praça Das Artes: Rua Barão de Jeremoabo S/N, Salvador - BA


20 ANOS DEPOIS DA PRIMEIRA BIENAL, 11ª Bienal da UNE  decide retornar à Bahia pala terceira vez, para reencontrar o Brasil em um grande festival dos estudantes barsileiros!

Vem aí a maior mostra cultural estudantil da América Latina que agora vai contar também com a produção secundarista e pós-graduanda com a participação da UBES e ANPG.

A décima primeira Bienal da UNE vai ocupar Salvador de 6 a 10 de fevereiro de 2019 e reafirmar a cultura como forma de luta e resistência

Esperamos cerca de 10 mil estudantes vindos de todas as regiões do país, para se integrar ao povo baiano e fazer da Universidade Federal da Bahia a referência da produção artística desenvolvida pela juventude brasileira.

Esta décima primeira edição vai homenagear Gilberto Gil e sua obra como artista, diplomata, ambientalista, político e músico. Gil da redescoberta do Brasil do baião, do xaxado, do choro de Pixinguinha, do prelúdio bachiano, da rapsódia, da Tropicália, dos festivais, do exílio.

Juntamente com a Bienal, o 15º Coneb da UNE vai reunir DAs e CAs de todo o país, o 4º Encontro de Grêmios da UBES (ENG) vai reunir estudantes de escolas e Institutos Federais para debaterem os rumos do Brasil e a defesa da educação pública e gratuita.

Além da já consagrada mostra convidada da Bienal que já trouxe atrações como Criolo, Emicida, Gaby Amarantos, Alceu Valença, entre outros, em breve, estará disponível a inscrição para as mostras selecionadas para música, teatro, audiovisual, dança, artes visuais, literatura, ciência e tecnologia e projetos de extensão.

Faça já a sua inscrição ou increva seu trabalho para as mostras: http://inscricao.une.org.br/

Fique ligado(a) nas redes das entidades:

UNE
CUCA
UBES
CIRCUS
ANPG

Toda menina baiana tem na boca o gosto de uma primeira revolução. Que Deus deu. Todo menino baiano tem, na carne e no ritmo da cintura, a subversão do passado e do futuro do Brasil. Que Deus dá.

Nos vemos em Salvador, na 11ª Bienal, um reencontro com o Brasil.

Curta a agenda:
Curta o CEERT: